Arte brasileira

Acabo de voltar da exposição Trajetórias – arte brasileira na coleção Fundação Edson Queiroz. Esta é realmente uma boa mostra, pela oportunidade de ver várias obras importantes: muitos quadros de Di Cavalcanti, Lasar Segall, Castagneto, Volpi… Destaque ainda, na escultura, para a “Dançarina” de Mestre Didi e as lindas peças de Brecheret e Giorgi, que sempre me fazem suspirar. É claro que também estremeci diante de Aldemir Martins e Chico da Silva. Na sala “Invenção do Ceará”, ainda encontrei a gravura do Estrigas que se transformou no mural de pastilhas, no Mucuripe – estava bem ao lado de um trabalho de sua querida Nice (ah, o amor entre os artistas!). E, por falar em Nice, fiquei encantada com sua “pintura em linha” absolutamente maravilhosa, em outro espaço da exposição. Eu sabia dos seus bordados, mas até então não tivera chance de vê-los.

Ainda teria muitíssimo a falar, sobre vários autores – e sobre um deles, especificamente, deixo suspensa a revolta diante de uma sensação de gratuidade e fraude: pesquisarei com humildade, antes de partir para um ataque baseado simplesmente na primeira impressão. Porém, se não encontrar qualquer dado que justifique tais “experiências”, estejam certos de que haverá uma postagem-desabafo a respeito, e em breve.

Por enquanto, para não dizerem que só admiro os clássicos e figurativos, destaco o forte impacto dos Relevos de Frans Krajcberg, com sua expressividade nodosa, úmida e quase bolorenta.

Anúncios

Um pensamento sobre “Arte brasileira

  1. Tércia tive a mesma percepção! Acrescento como bem representativos os Modernistas, os Concretistas e Volpi com suas bandeiras e fachadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s