Brígida

Adoro descobrir a obra de artistas ao acaso (na verdade, sei que está tudo conectado, mas falar em circunstâncias fortuitas é um modo de a gente se tranquilizar). Então, outro dia catei o livro Passagem secreta, sobre a Brígida Baltar, na biblioteca. Foi uma chance linda de conhecer a série de performances poéticas que essa autora realiza. A “Coleta da neblina”, por exemplo, é uma das coisas mais delicadas de que já ouvi falar – e as fotografias que registram a ação são tão efêmeras quanto o tema, quase inacreditáveis.

A coleta da neblina, de Brígida Baltar

Anúncios

Um pensamento sobre “Brígida

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s