World Press Photo 13

Dentre tantas imagens agressivas pela denúncia explícita nesta exposição (que segue na Caixa Cultural), a fotografia da artista polonesa Anna Bedynska encanta pela delicadeza – que, se não afasta o trágico, ao menos consegue incorporá-lo à existência, sem a sensação esmagadora e sufocante que se tem com outras obras vistas. O retrato “Zusia”, feito em estúdio, com trabalho de luz específico para criar uma imagem high light, é perfeito como solução estética: mimetiza a brancura dolorosa da garota albina, que então aparece mergulhada em tons de branco – na pele, na roupa, no cabelo e no fundo inteiramente homogêneo. A dinâmica da cena surge pela mecha de cabelo que esvoaça sobre o rosto da garota, tapando-lhe os olhos deficientes. Sabe-se que o albinismo frequentemente traz problemas de visão para seus portadores, devido à deficiência de melanina. Este é o caso da modelo Zusia – mas, em vez de expor sua doença, a fotógrafa escolhe sufocá-la na clareza de uma imagem que resplandece.

bedynska_world_press_photo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s