O tempo criado pelo espaço

Sobre as fotografias de Eugène Atget, seu modo de sintetizar um panorama que se perde na distância:

“(…) uma rua ou viela que se estende ou se curva em direção ao passado. (…) Atget utiliza isso para criar a sensação de que a perspectiva é uma questão não só de espaço, como também de tempo: diante de seus olhos é meio-dia, mas o dia parece estar terminando no fim de cada rua.” (Geoff Dyer. O instante contínuo, p.231)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s