Turismo – encore

Que coisa boa é a gente receber notícias quando está fora! Todo contato é um presente, um bem-estar que vai lembrando que existem âncoras, afinal: pequenos lugares de memória – essa energia que faz com que as pessoas sigam o impulso de escrever umas para as outras, de dizer: pensei em você. Eu estou pensando em todos os meus amigos queridos que me fazem falta nesse momento – porque a cidade aqui é linda, está sendo muito bom falar em francês e me sentir acolhida etc, mas num mundo perfeito eu teria isso e mais os meus afetos, os meus gatos, tudo junto num só lugar, para não faltar nada quando a gente faz uma escolha.

O presente que compartilho agora é uma resenha que o amigo Alexandre Staut (que, aliás, conheci dois anos atrás, pelas bandas de cá, em Paris) me envia. Eduardo Sabino fez uma ótima leitura do Turismo para cegos. Para conferir, cliquem ici.

Um pensamento sobre “Turismo – encore

  1. Olá, Tércia!

    Que maravilha aproveitar um lugar novo, conhecer pessoas e costumes diferentes… A saudade é inevitável, principalmente dos nossos ronrons diários, né?! Estou acompanhando seus relatos dessa nova etapa que já se mostrou bem rica nos post anteriores.

    Gostei bastante da resenha, talvez seja uma das melhores que já li! Estou ansiosa para ler “Turismo para cegos”, comprei um exemplar pela internet e estou esperando chegar (sempre parece uma eternidade).

    Att., Samantha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s