Mensagens sobre o muro

Comecei a compor esse acervo ao acaso, motivada por um pequeno texto que há muito tempo encontrei, rasgado na balaustrada de uma ponte, em Vila Nova de Gaia. Era algo como “Amo-te, Filipa”: uma declaração que jamais seria feita, dessa maneira, no português brasileiro – tanto pela colocação pronominal como pelo nome citado, pouco recorrente entre nós. O texto me deu aquela sensação de relíquia ingênua, se assim posso definir. E passei a procurar – e fotografar – outros exemplos singulares, conforme o destino me possibilitasse achá-los. Capturei mensagens nos muros da Ilha do Sal e em paredes parisienses. Ontem, foi a vez de Liège: numa estreita passagem, vi esta frase em giz, que me pareceu instantaneamente filosófica:

Cindy

Conforme fui andando em direção ao começo da rua, porém, uma outra mensagem (com a mesma letra e o mesmo giz) me esclareceu o sentido da primeira. “Cindy, veux-tu m’épouser?” era a primeira pergunta, de acordo com a “ordem de leitura” da rua, ou seja, da esquerda para a direita. Portas adiante, aparecia o tal “Tu réflechis encore?”, resgatando o referente implícito e substituindo, para sempre, o enunciatário-transeunte por uma específica Cindy, pensativa a respeito do matrimônio que lhe era proposto duas vezes em poucos metros de caminhada. Caiu por terra toda a minha interpretação sociológica, filosófica, anticonsumista etc, que a frase inicialmente sugeria. Ficou só a insistência de um apaixonado anônimo – e, quer saber? Isso me soou muito melhor e mais importante. Espero que Cindy (como a outra, Filipa) esteja feliz com este amor.

Um pensamento sobre “Mensagens sobre o muro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s