Arte e natureza

Estas são efetivamente as duas vertentes que orientam a minha vida, as duas bases sobre as quais assento minha tranquilidade e meu prazer: não à toa este blog se chama Livros e bichos – mas, de maneira bem ampla, poderia se chamar Arte e natureza, pois que os efeitos estéticos não se obtêm jamais por uma única linguagem, como também os animais são somente uma das formas de expressão natural (o que faríamos sem a paz das águas, das nuvens, das pedras, das árvores?). Assim, é com verdadeiro êxtase que recebo as ocasiões em que estes elementos se reúnem; não se trata de fenômeno tão raro – mas raro é o fato de estarmos atentos. Ontem, no Aquarium de Liège, eu me embevecia com a fosforescência dos corais e a singularidade de inúmeras criaturas misteriosas. Mas encontrar este personagem da imagem abaixo me deixou definitivamente encantada: um peixe tão moderno em sua aparência; semelhava uma figura inventada! Não por acaso (li na legenda) foi batizado de Peixe Picasso. Se bem que, a dizer a verdade, eu arriscaria antes Peixe Miró…

 

Um pensamento sobre “Arte e natureza

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s