Carnaval belga

Pesquiso num guia da Wallonie e encontro diversas manifestações carnavalescas. Além das famosas máscaras de Ostende, celebrizadas por Ensor, há a criação de bonecos como o Bonhomme Hiver, um manequim de palha que costuma ser usado feito bode expiatório. Afogado em algumas regiões, queimado em outras, este tipo de judas garante a festa por aqui. O travestimento de homens e mulheres é mais um ponto em comum com o carnaval brasileiro. Entretanto, existem as singuralidades, óbvio : soube que em Vierves os habitantes coletam ovos e distribuem uma gigantesca omelete enquanto o cortejo percorre as ruas. Em Malmedy e Stavelot, as fantasias são folclóricas (o Blanc Moussi parece uma versão do Doutor Peste veneziano), e em Fosses o Polichinelo, popularizado pelo teatro ambulante, é o personagem mais popular. Ainda faltaria pesquisar sobre o carnaval na região de Flandres – mas, como sempre, este gênero de festa (com suas multidões) não me deixa lá muito animada…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s